Arquivo da tag: Propostas

Teenage students in the classroom with teacher.

Concurso premia propostas e experiências inovadoras

17/02/2017

Interessados em participar da terceira rodada do Desafio da Educação Profissional e Tecnológica têm prazo até 24 de abril para apresentar propostas e experiências inovadoras para a educação profissional e tecnológica no Brasil. Promovido pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação, o Desafio é um concurso que visa estimular a divulgação de experiências exitosas nessa área.

Dos dez temas previstos no edital do concurso, seis já foram finalizados em duas rodadas anteriores. Os quatro temas dessa terceira e última rodada, que teve início em 23 de janeiro, são: impulsionar a captação e aplicação de recursos destinados ao desenvolvimento de inovações tecnológicas para aprimoramento do ensino; desenvolver métodos de avaliação de ensino e aprendizagem para a educação profissional e tecnológica; construir estratégias de formação inovadoras que compatibilizem a formação cidadã com a inserção profissional do trabalhador, e construir práticas pedagógicas inovadoras em educação profissional e tecnológica.

Categorias – Os participantes serão classificados de acordo com a sua contribuição e participação na consulta pública. Os vencedores serão premiados conforme as seguintes categorias: participantes individuais (pessoa física); cursos técnicos e de graduação de institutos federais de educação profissional, científica e tecnológica; cursos técnicos e de graduação das universidades federais; e escolas públicas estaduais e municipais em cada uma das cinco regiões do país. As premiações para pessoas físicas chegam a R$ 2 mil.

Desde o início do concurso, em junho do ano passado, até o momento, foram mais de 6 mil propostas e experiências inovadoras que geraram mais de 400 mil interações, entre curtidas e comentários, tudo isso proporcionado pelos mais de 1.300 participantes cadastrados no desafio.

Acesse a página do Desafio da Educação Profissional e Tecnológica
Confira o edital do Desafio

FONTE: Ministério da Educação (MEC)

banner (1)

Combater o Zika é uma Tarefa de Todos!

01/08/2016
Quando unimos nossas forças e ideias conseguimos alcançar qualquer objetivo.
Juntos podemos combater o Aedes aegypti e a Microcefalia.
 
Mobilize seus amigos e sua comunidade escolar e dispute prêmios de até R$ 2,5 mil para você e até R$ 25 mil para sua escola.
 
Não perca tempo, acesse: http://desafiozikazero.mec.gov.br
 
Você também pode baixar o aplicativo do desafio:
Google Play – https://goo.gl/SsjaUH
App Store – https://goo.gl/YZERK4
DesafioSustentabilidade

Workshop na Ufersa discute usinas solares!

25/07/2016

Com a proposta de divulgar as tecnologias, logística e políticas envolvidas no processo de projeto, aquisição, implantação e operação de usinas solares fotovoltaicas, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido promove nessa semana, dias 27 e 28 de julho, no Campus Leste da Ufersa Mossoró, o Workshop Usinas Solares Fotovoltaicas: aliando tecnologia à sustentabilidade. O objetivo é aprofundar as discussões em torno da energia solar fotovoltaica e da futura Usina Solar fotovoltaica da Universidade Federal Rural do Semi-Árido. O Workshop vai acontecer no Auditório da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

A Usina Solar da Ufersa está sendo adquirida com recursos do Prêmio Ideia – Desafio da Sustentabilidade, organizado pelo Ministério da Educação e Cultura, realizado em 2014/2015. “A aquisição dos equipamentos se encontram em processo de licitação pela Universidade”, adianta a professora Diana Lunardi. A Ufersa alcançou a segunda colocação recebendo uma premiação de R$ 1 milhão. A professora adianta que após avaliação criteriosa, os docentes, discentes e técnicos administrativos envolvidos no processo de criação e divulgação das ideias sustentáveis, decidiram pela aquisição de uma usina solar para geração de energia elétrica a partir de fonte renovável.

O Workshop visa envolver a comunidade universitária da Ufersa e região no processo de construção do conhecimento e discussão sobre as tecnologias, logística e políticas envolvidas no processo de projeto, aquisição, implantação e operação de usinas solares fotovoltaicas. “Esperamos ainda ampliar as discussões sobre o papel das Universidades Públicas na geração e promoção de tecnologias aliadas à sustentabilidade ambiental”, frisa a professora.

A palestra de abertura tem como tema: Desafio da sustentabilidade e os benefícios ambientais do uso da energia solar, a ser ministrada pelos docentes da Ufersa, Professora, Diana Lunardi e pelo professor Vitor Lunardi. No decorrer da programação serão abordados outros assuntos relacionados a energia solar como: Aplicação, Inovação e Tecnologia, Gestão, Viabilidade técnico-econômica, Eficiência, Políticas Públicas, Produção e Sustentabilidade, Inovação e Tecnologia Social, Modelos computacionais, Educação e ensino. Outras informações na página eletrônica do Workshop: https://usinasolarufersa.wordpress.com/

Fonte: UFERSA

FB_IMG_1467830665943

Escola Capilé fica em 2º lugar na pontuação do prêmio ideia no InovaEJA!

07/07/2016

O InovaEJA é uma grande articulação dos governos federal, estaduais, distritais e municipais, sociedade civil e movimentos sociais pela educação de jovens e adultos.

Foi disponibilizado no site www.inovaeja.mec.gov.br ferramentas para que todas as escolas que ofereçam EJA (Educação de Jovens e Adultos), ou outras modalidades de EJA como é o caso do Projovem Urbano (Programa Nacional de Inclusão de Jovens), expusessem suas propostas para a melhoria desta modalidade de ensino e também suas experiências como atividades realizadas nas escolas que oferecem o programa cada sugestão e experiências postadas pelos professores contavam uma pontuação.

Participaram do evento escolas de todo o País e o Projovem Urbano da Escola Capilé alcançou, uma excelente pontuação ficando assim, em segundo lugar em relação a todas as escolas do Brasil e única escola do Centro Oeste a ficar entre as 10 melhores.

Segundo o coordenador do curso, Danilo Bueno, é muito importante que todos os educadores participem e coloquem suas ideias e opiniões, pois essa é a chance de fazer algo concreto para melhorar o ensino da EJA ofertando a todos os alunos uma educação de qualidade, proporcionando a todos chances de concluir os estudos buscado assim cursos na educação superior e técnicos.

Ainda segundo o coordenador em Nova Andradina, o Projovem Urbano funciona desde o ano de 2012 e conta com a parceria das escolas em que funciona. “Agradecemos de mais a toda equipe docente, administrativos, coordenação e principalmente a diretora Nilcemar Martins Costa, da Escola Capilé que sempre nos apoia e abraçou a causa com muito empenho e responsabilidade. Estamos finalizando uma turma com 200 alunos agora em setembro e esperamos que sejam disponibilizadas mais vagas para que mais jovens possam concluir o Ensino Fundamental e caminhar para o Ensino Médio”, conclui.

A professora Mara Marques, Assistente Administrativo do Projovem Urbano, conta que já colheram alguns frutos do trabalho, vários alunos que concluíram o Ensino Fundamental pelo Projovem Urbano, hoje estão com Ensino Médio concluído e prosseguem nos estudos ingressando em universidades e cursos técnicos.

O Projovem Urbano oferece Curso de Iniciação a Qualificação Profissional e Participação Cidadã, a professora de Qualificação Profissional, Juliana Zampieri, fala que é de extrema importância o aluno terminar o Ensino Fundamental e junto um curso na área da Telemática. “Isso alavanca a vida profissional do aluno”, diz.

Já a professora Eliane Caetano, professora do Curso de Participação Cidadã, ressalta a importância do curso onde o aluno pode entender o seu papel na sociedade e aprender que pode ser sim um cidadão ativo e integrado contribuindo para que a sociedade caminhe para o rumo certo.

Para finalizar, o coordenador agradeceu a todos os funcionários do Projovem Urbano pelo empenho e pela dedicação. “Se não fosse o compromisso de cada um não teríamos alcançado a ótima colocação no InovaEJA, agradeco também a direção da Escola Capilé pelo apoio”, disse.

Fonte: Jornal da Nova.