Arquivo da tag: desafio

7ca237bd-90fc-4a47-bb60-35da3a76d37f

Concurso público de ideias para combater o Zika vírus e a microcefalia já recebeu dezenas de propostas inovadoras!

20/07/2016

Iniciado no dia 29 de junho, o Desafio EducAção #ZikaZero tem o objetivo de mobilizar os cidadãos no enfrentamento ao Aedes aegypti e à microcefalia, que pode ser causada pelo Zika Vírus, doença transmita pelo mosquito.

Todas os cidadãos são convidados a participar, e, além disso, disputar excelentes prêmios. Ao ingressar no desafio, os participantes podem escolher uma escola pública da rede estadual ou municipal de ensino ou um curso técnico ou de graduação de institutos e universidades federais para representar. Haverá premiações em dinheiro para as escolas e cursos também.

Até o momento, dezenas de propostas de soluções e relatos de experiências já foram enviadas. Além disso, milhares de curtidas e comentários também já foram realizadas, o que ajuda a priorizar as melhores ideias, facilitando sua identificação para posterior implementação. Tudo isso realizado pelos participantes, que podem enviar uma proposta e uma experiência por dia. Ao término do desafio um comitê especializado fará a definição das melhores propostas, as quais também renderão prêmios aos autores.

Ainda não está participando? Corra, ainda dá tempo! O Desafio termina apenas no dia 14 de setembro, e até lá você pode enviar várias propostas inovadoras e relatos de experiências. Para se inscrever ou obter mais informações basta acessar o site do Desafio EducAção #ZikaZero no link: http://desafiozikazero.mec.gov.br/

Fonte: Terra.

inovaEja

Tocantins alcança 3ª colocação em prêmio nacional do Projeto InovaEJA!

08/07/2016

01/07/2016 – Núbia Daiana Mota

Foi com uma proposta de formação continuada para professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) que o técnico da Secretaria e Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), André Ribeiro de Gouveia, conquistou a 3ª colocação no Prêmio Ideia do Projeto InovaEJA promovido pelo Ministério da Educação (MEC). Ao todo, participaram da chamada pública 649 participantes de todo o país e 466 propostas foram apresentadas.

A sugestão do educador tocantinense é baseada na Metodologia da Problematização, fundamentada em princípios filosóficos de Paulo Freire. “Nossa intenção inicial foi contribuir para a elaboração da nova política de Educação de Jovens e Adultos apresentando a sugestão de capacitação para os professores que leve em conta os saberes empíricos e científicos. Foi uma grata surpresa ver nossa proposta integrando o documento base que irá nortear a EJA nos próximos anos”, relata André.

Para a gerente da EJA da Seduc, Nelzirée Venâncio da Fonsêca, o resultado ratificou o empenho do setor nas contribuições para a construção da nova política da EJA. “Para nossa equipe é uma satisfação muito grande ter alcançado essa colocação nacional, pois evidenciou o trabalho constante da Seduc em melhorar a qualidade do ensino ofertado na EJA. Saber que a proposta do Tocantins fará parte da política nacional desta modalidade de ensino é motivo de orgulho”, frisa.

InovaEJA

O InovaEJA é uma ferramenta digital que integra o sistema colaborativo implementado pelo MEC para a elaboração de políticas públicas voltadas para a Educação de Jovens e Adultos. Por meio da Plataforma, educadores, técnicos das escolas e das Secretarias de Educação e comunidades escolares participam, com propostas e compartilhamento de experiências, da construção e do fortalecimento da EJA.

A partir das contribuições serão realizadas audiências públicas em todos os estados e no Distrito Federal, possibilitando ampla discussão com o objetivo de levar ao aperfeiçoamento e detalhamento de uma nova política nacional da EJA.

Metodologia da Problematização

Este método tem como princípio a relação problematizadora entre a teoria e a prática provocando a construção do conhecimento.  Na formação para a docência as questões provocadas pela Metodologia da Problematização podem provocar a capacidade de pensar do aluno visando alcançar a transformação da realidade.

Segundo Freire, problematizar é, a partir da realidade concreta do sujeito, criar o conflito cognitivo que o leve a recorrer a seu referencial, identificando o que precisa ser mudado nesta realidade e, com base num referencial científico, busque os conhecimentos necessários para, inicialmente compreendê-la, e, posteriormente, intervir no meio.

Fonte: http://seduc.to.gov.br/noticia/2016/7/1/tocantins-alcanca-3-colocacao-em-premio-nacional-do-projeto-inovaeja/

076e6304-ee36-44b1-8860-6e1a01076ffe

DESAFIO DO MEC PARA COMBATE CONTRA O ZIKA VÍRUS COMEÇA EM 9 DIAS

20/06/2016

O inverno chegou, mas a luta contra o Zika continua! Dia 29 de junho, o Ministério da Educação (MEC) lançará uma campanha nacional de mobilização para o enfrentamento ao Aedes aegypti e à Microcefalia, o Desafio EducAção #ZikaZero. O projeto tem o objetivo de desafiar a sociedade a contribuir com ideias inovadoras e experiências positivas para que se possa combater o mosquito.

O desafio é um concurso e podem participar pessoas físicas, cursos técnicos e de graduação de Institutos e Universidades e escolas públicas – todas brasileiras –, desde que tenham realizado o cadastro no site (www.desafiozikazero.mec.gov.br). Aqueles que enviarem as melhores propostas serão premiados com quantias em dinheiro. Bem mais, há duas categorias de premiação: por pontuação – onde serão premiados o primeiro, o segundo e o terceiro lugar – e por autores das três melhores propostas. Não haverá premiação exclusiva para as Experiências, na realidade, esse compartilhamento foi criado com o intuito de melhorar cada vez mais as políticas implementadas contra o Zika Vírus, contudo você pode aumentar sua pontuação compartilhando-as.

Os participantes podem enviar mais de uma proposta e experiência, no entanto, com o limite de uma por dia até o final da consulta pública. A interação entre propostas e experiências também são válidas, inclusive curtir e comentar as de outros participantes ajuda no acúmulo de pontos e, por consequência, aumenta a chance das pessoas e instituições ganharem a competição.

Após a data final do encaminhamento de propostas e experiências – 14 de setembro de 2016 – as propostas serão analisadas e pontuadas de acordo com seus desempenhos. Logo depois, as melhores serão premiadas – cada uma em sua categoria – seguidas da organização, implementação e monitoramento das ideias escolhidas. O resultado final do concurso será anunciado até o dia 26 de outubro de 2016 e estará disponível no site do projeto.

Além de se inscrever, você também achará no site do Desafio #ZikaZero uma sessão de downloads com materiais de divulgação do projeto e uma lista de autoverificação semanal para enfrentamento ao mosquito e à Microcefalia. Mais informações quanto ao edital você encontra no site: www.desafiozikazero.mec.gov.br

daa170ae-8250-4e59-b55f-5a935534bef7

MEC INICIA COMPETIÇÃO EM PROL DA INOVAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

20/06/2016

Faltam 7 dias para o início do Desafio da Educação Profissional e Tecnológica. O projeto, que tem o objetivo de implementar inovações à educação técnica e profissionalizante do país, começa dia 27 de junho, às 14 horas (horário de Brasília). O desafio é uma competição, onde serão premiados cursos técnicos e de graduação de Institutos e Universidades, além de escolas públicas – municipais e estaduais – e pessoas físicas.

Para participar, basta se cadastrar e enviar sua proposta e experiência no site do Desafio da Educação (desafiodaeducacao.mec.gov.br). Aqueles que enviarem as melhores propostas receberão prêmios – pagos em dinheiro – e a premiação será definida pela pontuação de cada proposta ou experiência. Além disso, os autores das melhores ideias em cada tema, também ganharão um prêmio no valor de 2 mil reais. O ponto mais importante da participação é o incentivo da competição entre as pessoas, as escolas públicas e as instituições gerando, dessa forma, a fomentação de propostas de qualidade. Experiências compartilhadas não serão premiadas, contudo contribuirão para o êxito das melhorias esperadas e para a pontuação de cada participante.

Promovida pelo Ministério da Educação (MEC), a competição terá três rodadas, com 10 desafios no total. Sendo que duas começarão em 2016 – a primeira no dia 27 de junho e a segunda no dia 25 de agosto – seguidas da última que iniciará dia 23 de janeiro de 2017, todas às 14 horas. O processo de cada rodada passará por cinco fases: a primeira contemplando o recebimento das propostas e experiências exitosas, seguido da avaliação de cada uma dessas e de suas pontuações. Logo depois, as ideias ganhadoras serão premiadas. Os dois últimos estágios referem-se à implementação e ao monitoramento das propostas vencedoras.

Mais informações sobre o edital de participação e os valores dos prêmios, você encontra no site da competição.